Recolha sustentável de resíduos urbanos com as viaturas elétricas da ALKE'

Soluções smart para a recolha de resíduos

A recolha seletiva é uma parte importante do ciclo integrado de resíduos urbanos. É por esta razão que se espera que a smart city implemente soluções inovadoras para este tema. A utilização de viaturas elétricas compactas é um exemplo importante de um elemento integrante de um sistema inteligente e ecológico de recolha de resíduos urbanos.
 

 

Soluções inovadoras para a recolha de resíduos

  • Utilitários elétricos compactos para recolha de resíduos urbanos
  • Ilhas ecológicas atuando como centros de deposição de resíduos, constituídas por um ou mais compactadores
  • Monitorização de viaturas em Cloud, também para criar sinergias
  • Redução do impacto sobre o ambiente e a paisagem urbana

 

Frota de viaturas elétricas para a recolha sustentável de resíduos

 

Recolha de resíduos municipais com veículos compactos e totalmente elétricos

A recolha de resíduos é uma questão complexa e de importância estratégica. Entre aqueles envolvidos na gestão de resíduos urbanos, o objetivo é alcançar a sustentabilidade ambiental a longo prazo. Este é um aspeto fundamental de uma cidade inteligente (smart city) que pretende ser sustentável, eficiente e tecnológica. As soluções possíveis para a gestão sustentável dos resíduos incluem veículos de recolha de resíduos elétricos: zero emissões de gases poluentes, silenciosos e extremamente compactos, a utilização de utilitários elétricos para a recolha Porta-a-Porta é, sem dúvida, uma solução para lidar com as dificuldades logísticas típicas das zonas urbanas como para satisfazer a necessidade de uma gestão da frota mais eficiente, com custos menores e com menos impacto ambiental.

 

Veículos elétricos e compactadores para recolha de resíduos urbanos

 

A Smart City e a recolha de resíduos integrada a centros de deposição

A cidade inteligente precisa alcançar a maior sustentabilidade possível. Os veículos elétricos com reservatórios de recolha lixo levam os resíduos recicláveis dos centros das cidades e das ZER para as ilhas ecológicas que funcionam como centros de deposição constituídos por um ou mais compactadores. Estes são esvaziados somente quando estão cheios, proporcionando enorme economia de custos e também a nível ambiental. O desenvolvimento e a adoção de soluções inteligentes, tais como a combinação de utilitários de recolha de resíduos elétricos e centros móveis de deposição no centro da cidade, nas ZER ou mesmo na periferia, é certamente um elemento chave no desenvolvimento das cidades do futuro. Os veículos ecológicos de recolha lixo da ALKE' podem ser equipados com um sistema de monitorização remota em nuvem (ALKE' Vehicle Body Computer), que fornece os principais dados de funcionamento do veículo em tempo real. Esta é uma ferramenta ideal para monitorizar e reduzir os custos de gestão da frota de viaturas elétricas, além de otimizar as rotas com base no tráfego. Desta forma, os veículos trabalham em sinergia conforme a carga de trabalho e as rotas. O centro de operações também pode monitorizar e administrar tudo a partir de um telemóvel.

 

Monitorização e gestão de frotas de veículos ecológicos de recolha de resíduos recicláveis

 

Melhorar a logística e o impacto ambiental

A logística e os seus custos desempenham um papel cada vez mais importante nas escolhas tecnológicas feitas pelos operadores de recolha de resíduos urbanos. Os custos não são apenas a nível económico, mas têm de impacto ambiental. É por isso que ter menos camiões pesados dedicados a esta atividade, circulando nas zonas urbanas e nas ZER, congestionando o tráfego e também causando um impacto ambiental negativo, é sem dúvida uma solução inteligente. Uma vez cheios, os compactadores localizados nas ilhas de reciclagem são levados do centro de recolha por camiões para o centro de reciclagem.

 

 

 

Para mais informações sobre a implementação da recolha ecológica de resíduos urbanos com os utilitários da ALKE', escreva uma mensagem:





Dados processados em conformidade com o Decreto Legislativo 196/03 e o "GDPR" 2016/679

 

 

Topo